Palavra do Presidente – Engº Rulian Bernardi Berger – AEACG

Existem aproximadamente 1.000 engenheiros agrônomos legalmente habilitados no CREA-PR atuando na região de abrangência dos Campos Gerais. Juntamente com os agricultores, que são os principais clientes desses profissionais de Agronomia, atuamos no setor de produção de alimentos (setor que vem obtendo os melhores resultados econômicos do país ano após ano). A região dos Campos Gerais é reconhecida na produção de alimentos, tanto de origem vegetal como animal, sendo referência em inovação e tecnologia. Contamos com um setor agropecuário organizado (cooperativas, revendas, associações, sindicatos etc.). A sociedade conhece e reconhece a importância de nossa classe profissional.

O CREA desempenha o papel de habilitar os profissionais para o mercado de trabalho fiscalizar a atuação desses profissionais, tanto na parte técnica como ética. O principal objetivo da fiscalização é defender a participação dos engenheiros agrônomos em todas as atividades que dependam de conhecimentos técnicos, como na produção agropecuária, na área ambiental, produção florestal, armazena- mento de grãos, processamento e conservação de produtos agrícolas, engenharia rural, dentre outras áreas. A fiscalização do CREA promove a inserção profissional e a presença e efetiva participação do profissional nos empreendimentos favorece o aumento da produção e da produtividade, resguardando a proteção do meio ambiente, da saúde e segurança das pessoas.

A AEACG é o ambiente de reunião, debate e confraternização dos engenheiros agrônomos que atuam nos Campos Gerais. Realizamos eventos técnicos com o apoio do CREA e da Mútua/Caixa de Assistência dos Profissionais, além de outras empresas parceiras, participamos de reuniões de conselhos municipais e regionais onde são debatidas políticas públicas que influenciam na nossa atividade profissional, promovemos cursos de pós-graduação em parceria com instituições de ensino visando o aprimoramento técnico dos nossos sócios.

Todas essas ações contribuem para a valorização de nossa classe.