Os segredos da fruticultura

Muita gente não sabe, mas a fruticultura é um dos principais segmentos da economia brasileira. A produção de frutas em espécies que possuem um ciclo mais longo, aspecto arbóreo e são perenes tem se destacado nos últimos anos.

Mas, afinal: como acontece o processo da fruticultura?

Como o processo de vida de uma pessoa se inicia dela bebê, o processo da fruticultura se inicia pela muda. Segundo o engenheiro agrônomo Ricardo Ayub, “a muda é o fator chave de sucesso, é uma garantia de produtividade”. Para definir o local onde será instalado seu pomar, é necessário que alguns aspectos sejam levados em consideração: condições do solo, clima, a melhor fruteira que se adapta àquela condição, a melhor variedade dentro daquela espécie. “Com a definição do seu local, você parte para o planejamento de implantação do pomar: qual manejo você vai adotar, qual espaçamento em função da variedade que você escolheu” conta Ayub.

Com todo o processo é baseado em planejamento, é chegada a hora de planejar a adubação, em alguns casos a irrigação, o controle de pragas e doenças. Mesmo que seja o ponto final, é preciso pensar na hora da venda. “Você precisa ter feito um estudo de mercado, porque não adianta plantar algum material que o mercado não aceita, depende também da aceitação do consumidor final”, afirma o engenheiro agrônomo.

Qual é a chave do sucesso da fruticultura?

“É preciso que você trabalhe todo dia no pomar!”. Para Ayub, o segredo do sucesso é você caminhar pelo pomar todo dia, olhar a planta, verificar o que ela está te dizendo: se tem um ataque de praga, um ataque de doença, se está na hora de você fazer o raleio, se está na hora de fazer a poda, se está na hora de colher. É preciso conhecer o pomar. “Você precisa ser observador para que possa ter sucesso, é como se fosse um casamento. O acompanhamento diário é o mais importante, porque você adquire experiência. Se você erra em algum detalhe, você pode frustrar sua safra”, diz Ayub.

Conhecer a planta é fundamental, dessa forma você saberá como trabalhar com ela. Quando você não a conhece e faz uma poda errada, por exemplo, você pode perder em produtividade. Ou então se você faz o raleio errado, você pode perder tudo! Dentro da fruticultura é preciso dominar todo o processo de produção da fruta, e também da colheita e pós colheita da fruta (armazenamento, transporte, etc). “Todos esses aspectos é para que você chegue ao mercado com um fruto de qualidade”, diz Ayub.

Diferente dos grãos, que quando são colhidos basta secar e esperar o momento certo para vender, as frutas precisam de um outro caminho, um outro cuidado. Estamos falando de um produto composto, em sua grande maioria, de 90% de água e rico em açúcar, pronto para estragar em qualquer momento. Por isso precisa de toda atenção e manejo correto.

Entrevistado: Ricardo Ayub

CREA-PR 45762D